preloder
contato@flaviabiaexpediciones.com     +56 9 7527 8478

Piedras Rojas e Lagunas Altiplânicas: o passeio imperdível no Atacama

Um dos tours mais bonitos e tradicionais do deserto tem paisagens impressionantes; você não pode deixar de fazer!

O dia vai amanhecendo enquanto avançamos deserto adentro. O céu se molda em cores. Nuvens densas e agora rosadas. A Cordilheira dos Andes, que nos protege, está envolta de neve. Pela estrada, passamos a entrada do observatório Alma, Toconao e o caminho para o vulcão Lascar. O Salar do Atacama exibe suas lagoas brilhantes. Cai neve que se cofunde com as nuvens. Não dá para ver o fim do vulcão. A imagem seduz, impressiona e hipnotiza.

A Cordeilheira de Sal se ilumina de vermelho para mostrar que está presente. Em Socaire, 300 pessoas dividem espaço com terraças de cultivo (aqueles degraus de pedra como em Machu Pichu que permite que cada cultura vá sendo irrigada). Milho, quinoa e girassol são produzidos por aqui. A vila é toda de pedra e seu nome significa “lugar que venta”. O café da manhã é servido na Laguna Tuyajto. Passarinhos cantam e as nuvens se movimentam. Perdizes e vicunhas cercam a estrada e o cenário é encatador.

As rochas se cobrem de branco, mas o cenário é colorido. Ao redor da estrada, além do branco da neve, há o amarelo da parra brava, o verde dos arbustos e o marrom da terra. Descemos até Piedras Rojas. É um cenário absurdamente belo. O entorno, com os vulcões Miscante e Miniques, e os lagos, parecem pintados a mão. Uma pintura a óleo. O branco não tem fim. Mas não se preocupe em visitar quando não tem neve. Essa é uma paisagem que muda ao longo do ano e em cada época oferece um tipo de beleza diferente. No verão, com o sol, se ilumina e resplandece. Piedras Rojas é majestoso, louco e incrível. Sem dúvida, um dos mais belos passeios do Atacama. Para mim, Flavia Bia, se você tivesse apenas um dia no Atacama era esse o passeio que você deveria fazer!

Daqui seguimos para as Lagunas Altiplânicas, Miscanti e Miniques, com pequenas trilhas rodeadas por parra brava, a grama amarela, fazendo com que tudo pareça iluminado por pontos de ouro. Chegamos aos 4.260 metros e o vento faz parte do passeio. Os lagos brilham e espelham os vulcões que os cercam. Só os passaros quebram o silêncio. Tudo parece uma linda obra de arte. Em algumas épocas do ano, é possível ver Flamingos nelas. Já as vicunhas são nossas companheiras de estrada mais uma vez. O trópico de Capricórnio, por onde passa um caminho inca demarcado por pedras, é parada obrigatória. As fotos com a imensidão da estrada são tradição desse lugar:

Na volta, o almoço é em Tambillo, uma floresta plantada perto de San Pedro ou na agência FlaviaBia Expediciones. Independente do cenário, a comida servida é dos deuses. Preparada especialmente para o nosso passeio e acompanhada de deliciosa sobremesa. A maravilhosidade está completa.

Faça esse passeio conosco:

Lagoas Altiplânicas e Piedras Rojas

Visite também:

Salar de Tara: o Atacama te apresenta o esplendor

 

 

Comente